segunda-feira, 16 de março de 2009

Olha teu Jardim


OLHA
no teu jardim as rosas entreabertas, e nunca as pétalas caídas;

OBSERVA
em teu caminho a distância vencida e nunca o que falte ainda;

GUARDA
do teu olhar os brilhos de alegria e nunca as névoas de tristezas;

RETÉM
da tua voz risadas e canções e nunca os teus gemidos;

CONSERVA
em teus ouvidos as palavras de amor e nunca as de ódio;

GRAVA
em tua pupila o nascer das auroras e nunca os seus poentes;

CONSERVA
no teu rosto as linhas do sorriso
e nunca os sulcos do teu pranto;

CONTA
aos homens o azul das tuas primaverase nunca as tempestades do verão;

GUARDA
da tua face apenas as carícias, esquece as bofetadas;

CONSERVA
de teus pés os passos retos e puros, esquece os transviados;

GUARDA
de tuas mãos as flores que ofertaram, esquece os espinhos que ficaram;

De teus lábios CONSERVA as mensagens bondosas, esquece as maldições;

RELEMBRA
com prazer as tuas escaladas, esquece o prazer fútil das descidas;

RELEMBRA
os dias em que foste água limpa, esquece as horas em que foste brejo;

CONTA
e mostra as medalhas das tuas vitórias, esquece as cicatrizes das derrotas;

OLHA
de frente o sol que existe em tua vida, esquece a sombra que fica atrás;
A flor que desabrocha é bem mais importante do que mil pétalas caídas;
E só um olhar de amor pode levar consigo calor para aquecer muitos invernos;
A bondade é mais forte em nós e dura muito mais do que o mal que nós mesmos praticamos;

OPTIMISTA, e não te esqueças de que...

É NO FUNDO DA NOITE SEM LUAR QUE BRILHAM MUITO MAIS AS ESTRELAS!!!




12 comentários:

lilipat2008 disse...

"É NO FUNDO DA NOITE SEM LUAR QUE BRILHAM MUITO MAIS AS ESTRELAS!!!"

Lindo...:)

Lita disse...

lilipat2008, era exactamente o que eu is escrever... ;)

Nuno Medon disse...

Olá! Lindas palavras e linda fotografia! espero que o seu também tenha sido bom. beijos

Salto-Alto disse...

Adorei o final! (e aparentemente não fui a única!) :)


Beijocas!

linda disse...

É lindo, excelente. Como eu gostava de sentir só um terço de tudo o que aqui leio. À minha frente vejo muito pó, que me embacia a alma. Ainda tenho cravados muitos espinhos que não consigo tirar. A vida, às vezes, faz cair a a maior parte das pétalas dos nossos jardins e demora muito a apanhá-las todas de novo e há algumas que murcham e não conseguimos salvar. Estou a levantar-me do chão. É bom ouvir palavras de alento. Obrigada :) Um beijo
Linda

Nádia disse...

Muito bonito, mesmo...

Deixa que a vida te ilumine...

Pois uma estrela já és, agora é só continuar a brilhar..

Beijinhos.

Menina do Rio disse...

Muito bonito! Pra ler e guardar

Um beijo pra ti, Maria

meus instantes e momentos disse...

lindo post, parabens.
ótimo blog.
Maurizio

alfabeta disse...

O que eu gosto de jardins!
Aliás, tudo o que é natureza.

bjs

Cat disse...

Carpe Diem e sê feliz...

Eli disse...

O final é...perfeito.
Um cantinho onde se encontram sempre sorrisos, é óptimo passar por aqui. (:

Manual do Inseguro.com disse...

Dá vontade de ir além e não apenas ler, mas tatuar essas sábias palavras em nossa essência.
Abraços e parabéns pelas lindas palavras e fotos.
Stella TAvares

Comecei ontem um blog exclusivamente literário. Sentiria-me feliz e honrada com sua visita
oadestradordesentimentos.blogs.sapo.pt